INFORMAÇÃO PARA VOLUNTÁRIOS

Obrigado pelo seu interesse em ser um voluntário na Competição de Julgamento Simulado do Sistema Interamericano de Direitos Humanos. A Competição não existiria sem a valiosa contribuição de pessoas como você. Em contrapartida, a Competição lhe promete uma experiência inigualável com o Sistema Interamericano de Direitos Humanos, em planejamento operacional, competição de julgamento simulado e educação internacional, e uma oportunidade única de conhecer profissionais do direito, acadêmicos e ativistas na área de direitos humanos do mundo todo.

Quem pode ser um voluntário?

Oportunidades para voluntários estão disponíveis a todos os interessados em ajudar na Competição e desejando dedicar um pouco do seu tempo para que a competição seja realizada com sucesso. Estudantes do ensino médio, universitários, profissionais e aposentados são todos bem-vindos. Por ser uma competição trilíngue (português, inglês, e espanhol), indivíduos com experiência em pelo menos dois dos idiomas da Competição são altamente desejáveis.

Oportunidades de Voluntariado

A maioria do trabalho voluntário para a Competição de 2015 ocorrerá nos dias anteriores e durante a semana da Competição, de 17-22 de maio de 2015. Dependendo de sua experiência e interesse, é possível dedicar seu tempo das seguintes formas:

Oficias da Corte: Estudantes e profissionais interessados em receber um assento na primeira fila para as rodadas orais da Competição são convidados a voluntariarem como oficias da corte. Oficiais da corte são responsáveis por preparar as folhas de pontuação, preparar sua sala atribuída, comunicar qualquer problema aos organizadores da Competição, manter o tempo durante as rodadas orais, fazer cumprir as regras da Competição, fiscalizar todos os documentos e retornar as folhas de pontuação preenchidas para os organizadores da Competição. Participar como um oficial da corte é uma ótima oportunidade de interagir com os juízes da Competição, assim como aprender como funciona um julgamento simulado. O Comitê Técnico irá selecionar até 20 oficiais da corte através de um processo de candidatura competitiva até que todas as posições estejam preenchidas. Pedimos que os oficiais da corte participem de uma sessão de treinamento e supervisionem ao menos três rodadas orais por dia durante o curso da Competição, que cheguem com pelo menos 30 minutos de antecedência para as rodadas, e que cumpram com todas as instruções escritas fornecidas pela Coordenação da Competição. Interessados podem inscrever-se online até o dia 13 de abril de 2015; porém, uma vez preenchidas as vagas, o processo de candidatura será encerrado. Estudantes de faculdades ou universidades inscritas para participarem da Competição não podem participar como Oficiais da Corte.

Equipe de organização: Uma variedade de oportunidades está disponível aos estudantes que queiram ampliar seu currículo em planejamento de eventos ou educação internacional. Voluntários devem estar disponíveis entre os dias 13 e 22 de maio para receber treinamento quanto a organização e administração da Competição. Os voluntários ajudarão em uma série de atividades da Competição, incluindo recolher e organizar as folhas de pontuação, realizar a pontuação, preparar e entregar os certificados, gerir os oficias da corte, responder a dúvidas, retransmitir informação, liderar passeios à Comissão Interamericana de Direitos Humanos e supervisionar a montagem e desmontagem de eventos da Competição. Pessoas interessadas devem mandar seus CVs e uma carta de interesse por email para a Coordenação da Competição, Becca Russell-Einhorn, até 13 de abril de 2015.

Benefícios aos voluntários:

Voluntários terão uma oportunidade única de interagir com um grupo inigualável de ativistas e profissionais no ramo dos direitos humanos do mundo todo. Irão presenciar os mais atuais pontos de vista na área dos direitos humanos, bem como visualizar as formas de proteção do sistema. Além disso, os voluntários poderão colocar em seus currículos que participaram da organização de uma das mais importantes e respeitadas Competições do hemisfério ocidental.

Adicionalmente, todos os voluntários receberão um certificado de gratidão pela contribuição à Competição e poderão se candidatar para receber uma bolsa de estudo parcial para o Programa de Estudos Avançados em Direitos Humanos e Direito Humanitário, logo após o fim da Competição.